08/10/2020

EnviroChemie constrói nova estação de tratamento de água residual para a Chemours

Estação de flotação Flomar para tratamento de água residual proveniente de produção química
Estação de flotação Flomar para tratamento de água residual proveniente de produção química

Para certificar-se de que sejam cumpridos os requisitos das autoridades oficiais, a Chemours contratou a EnviroChemie para planejar, construir, instalar e comissionar uma nova estação de tratamento de água residual em Dordrecht, na Holanda.

Após um processo de seleção que durou vários meses, a EnviroChemie foi escolhida pela Chemours, em meio a uma série de outras empresas da área de tratamento de águas residuais, graças à experiência no tratamento físico-químico de águas residuais e às importantes referências da empresa.

A estação substitui uma estação de tratamento provisória. Através de de um processo combinado, as águas residuais provenientes da produção de fluoropolímeros e elastômeros serão tratadas de forma automatizada. A nova estação de tratamento de água residual está em conformidade com as diretivas de responsabilidade corporativa (Corporate Responsibility) da Chemours, que prevêem investimentos em melhores tecnologias para redução das emissões e proteção do meio ambiente.

Atualmente, a Chemours dispõe no local de uma estação que permite reduzir em mais de 99,9% a entrada no sistema de tratamento de efluentes do Hollandse Delta Water Board de substâncias organofluoradas provenientes da tecnologia GemX . Essa estação de tratamento provisória será substituída pela nova estação de maior dimensão, que será instalada pela EnviroChemie. A nova estação de tratamento de água residual irá operar 24 horas por dia, 365 dias por ano, processando uma média de 60 m3 por hora, com capacidade máxima de 120 m3 por hora.

A estação entrará em operação no meio de 2022. O sistema atual de tratamento de água permanecerá em funcionamento até que o novo sistema esteja pronto para operar.

Voltar para o panorama de notícias