18/11/16

Demanda elevada pela tecnologia hídrica da EnviroChemie na Rússia

A água residual proveniente de uma leiteria é tratada numa usina biológica, com diversas etapas e em versão modular.
A água residual proveniente de uma leiteria é tratada numa usina biológica, com diversas etapas e em versão modular.

Em 2016, a EnviroChemie recebeu mais uma vez uma forte demanda da Rússia pelas suas usinas de tratamento de água e água residual.

Tradicionalmente, é proveniente da Rússia grande parte dos negócios da empresa, que possui sede no estado de Hessen, na Alemanha. Há quase 15 anos, os projetos são apoiados por uma filial russa, localizada na cidade de Ecaterimburgo.

“Ao contrário do que ocorreu em 2014 e 2015, com os negócios em baixa na Rússia, obtivemos uma encomenda crescente de usinas em 2016”, relata o Dr. Volker Oles, gerente de construção de usinas da EnviroChemie. Os projetos de usina de tratamento de água residual vieram principalmente da indústria de alimentos. De fabricantes internacionais de artigos de mercado, fabricantes nacionais e do comércio de alimentos.

Os clientes do setor confiam na tecnologia de usinas “Made in Germany”. Parceiros de contato da EnviroChemie encontram-se disponíveis localmente.

A tecnologia Biomar, para tratamento biológico de águas residuais, é licenciado e certificado para o mercado russo. Um aspecto importante para os clientes russos. Além disso, os planejamentos são realizados localmente pela filial russa da EnviroChemie. Além dos produtos, é oferecida uma gama claramente ampliada de serviços.

Zum Newsarchiv