12/07/2018

Nova estação de tratamento de água residual para fabricante alemã de alimento para bebês

Ao fundo, a nova estação de tratamento de água residual para o processo de fabricação de alimentos especiais e para lactantes.
Ao fundo, a nova estação de tratamento de água residual para o processo de fabricação de alimentos especiais e para lactantes.

Uma grande empresa alemã, pertencente a um grupo de laticínios francês, fabrica alimentos médicos e especiais para lactantes numa unidade localizada na cidade Fulda, na Alemanha.

Diariamente, a fabricação de leite em pó gera até 850 m³ de águas residuais com teor orgânico, devido aos seus processos de lavagem. Para limpar a água industrial de forma que a mesma atingisse um grau de poluição equivalente ao das águas domésticas, a EnviroChemie planejou e construiu uma estação de tratamento Biomar, com uma unidade de tratamento posterior modelo Flomar.

O tratamento aeróbico capaz de remover de forma excelente as substâncias orgânicas, tais como gordura e açúcar, é composto por duas vias. A lama biológica resultante do tratamento da água residual é removida na unidade de limpeza posterior, através de flotação por ar dissolvido. Através de um sistema de visualização moderno, o sistema totalmente automatizado da estação é completamente exibido, para garantir ao operador a todo tempo uma visão geral da estação de tratamento de água residual.

Para a implementação da estação de tratamento de água residual, o grupo francês de laticínios conta mais uma vez com a EnviroChemie, que já implementou inúmeros projetos de tecnologia hídrica em diferentes países para a empresa.

A estação entrou em operação em 2017 e, desde então, é utilizada na limpeza dos efluentes provenientes do processamento de leite visando reduzir os valores dos mesmos aos exigidos pelas autoridades.

Voltar para o panorama de notícias